Scream VS Scary Movie

Há um problema com os filmes que fazem paródias dos outros filmes. É que ao parodiarem filmes supostamente sérios, acabam com a seriedade desses mesmos filmes. Soube recentemente que “Scream 4” vai estrear no próximo ano, e após os “Scary Movie”, como é que podemos encarar este novo “Scream“?
A resposta parece óbvia, mas não é de facto.
A saga “Scream” começou em 1996, com esse primeiro filme realizado por um dos grandes realizadores de série B dos últimos anos, Wes Craven. Para quem não sabe, este primeiro filme é um thriller bem construído, capaz de nos meter “medo” e desenvolver em nós aquele bichinho de entusiasmo/suspense tão propicio dos filmes de Wes Craven. A “máscara”, ou seja, o vilão, era supostamente aterrador e um sinal claro de perigo e maldade.
Em 1997, Wes Craven volta a pegar na história inicial, para lhe dar continuidade, realizando “Scream 2“, que foi um grande fiasco e bastante criticado. E em 2000, Craven volta a pegar na série e volta a desgraça-la, criando o pior dos três filmes, “Scream 3“.
A questão aqui não se prende com a qualidade dos filmes, mas sim com o seu propósito, que é de explorar o terror e criar em nós medo e suspense, através da “máscara”.
Mas eis que também em 2000 surge uma nova saga, que nada tem a ver com Wes Craven, nem com a saga “Scream”, falo então de “Scary Movie“. Existe apenas uma referência à “máscara” Scream, onde esta é satirizada. Esta cena torna-se então objecto de culto entre os fãs dos filmes Scary Movie.
Após termos associado a máscara Scream a algo da comédia, e termos explorado a fundo o conceito de terror do seu personagem, o que podemos esperar de “Scream 4“?
Creio que Wes Craven terá que reformular completamente o género, primeiro para não cair no erro dos dois últimos filmes da saga, que são um enorme fracasso, segundo para conseguir distanciar-se da comédia aliada ao seu personagem principal fulcral.
Além deste caso, temos outros na história do cinema, em que os filmes que fazem paródias de outros, podem arruinar o conceito dos originais. Enquanto isto, uns vão rindo, outros vão tendo medo. Espero que voltemos a sentir medo neste novo Scream

 

Texto por João Miguel Fernandes

Deixar uma resposta