Curta-metragem de João Botelho em parceria com a CNB, “La Valse”, estreia em Maio

Entre 24 e 31 de Maio e de 1 a 3 de Junho, poderá assisitir a La Valse, uma curta-metragem de João Botelho, que conta com a participação da Companhia Nacional de Bailado (CNB). Será exibida no Teatro Camões e os preços variam entre os 5€ e os 20€.

Horários:

Maio 2012

24, 25, 26 e 31 às 21h00
27 às 16h00 (tarde família)

Junho 2012
1 e 2 às 21h00
3 às 16h00 (tarde família)

Foi intenção de Maurice Ravel, cerca de 1906, compor para orquestra um tributo à valsa e a Johann Strauss II. Pretendia que fosse uma obra romântica, que intitulou La Valse, un poème chorégraphique, e sobre a qual escreveu ser ‘uma espécie de apoteose da valsa vienense mesclando-se na minha cabeça com a ideia de turbilhão fantástico do destino.’ Acontece porém, que Ravel acaba por se alistar no exército e interrompe a sua criação musical. Só em 1919, após a 1.ª Guerra Mundial, retoma a ideia, em resposta a uma encomenda de Serguei Diaghilev, para os Ballets Russes. Ravel refaz integralmente a concepção inicial. 

Influenciado pela experiência da guerra, o romantismo perde dominância e o ritmo da valsa deriva frequentemente para o caos, numa metáfora à Europa de então. A estreia acabou por acontecer em Dezembro de 1920, sem que Diaghilev a tivesse utilizado, por a ter considerado ‘não como um ballet, mas como um retrato de um bailado.’ George Balanchine viria a coreografar a composição de Ravel, cerca de trinta anos mais tarde.

Quando os laços da Europa são repetidamente equacionados, a CNB desafia um coreógrafo e um realizador a explorarem a composição de Ravel e a conceberem um olhar cinematográfico sobre o movimento dos corpos.

 

Ficha técnica:

LA VALSE
Curta-metragem

Realização João Botelho · Coreografia Paulo Ribeiro
Figurinos a anunciar · Produção AR DE FILMES

Com os bailarinos da Companhia Nacional de Bailado (CNB).

Fonte/ para mais informações, clique aqui (CNB).

Deixar uma resposta