Super Bock Super Bock 2012: Antevisão

O Super Bock Super Bock, um dos festivais portugueses mais instáveis quanto ao formato, local e estilo musical predominante, regressa pela terceira vez ao Meco para a sua 18ª edição, já esta semana. Organizado pela Música no Coração, volta a instalar-se na Herdade do Cabeço da Flauta de 5 a 7 de Julho, prometendo compensar todos os erros organizacionais que fizeram chover críticas nas duas edições anteriores, quanto ao trânsito, excesso de festivaleiros acampados para a real capacidade do recinto e… ao imenso pó.

Apesar de dois recentes cancelamentos de peso, após Pete Doherty ter dado entrada num centro de reabilitação de drogas na Tailândia e Azealia Banks ter cancelado grande parte da sua digressão europeia, a edição deste ano promete boa música nacional e internacional ao longo de 3 dias, com grandes regressos ao nosso país e algumas ansiadas estreias – pode não prometer um dos melhores festivais do país este ano como o foi o ano passado, trazendo grandes nomes como Arcade Fire, The Strokes ou Arctic Monkeys, mas sem dúvida que vale a pena regressar ao Meco este ano. Vejamos porquê!

Para os festivaleiros com o passe para os 3 dias, o festival começará mais cedo, no dia 4 de Julho, com uma noite dedicada ao Drum ‘n’ Base, para aquecer… Mas é dia 5 que a “Super Música” começa a sério.

Dia 5 de Julho

No dia 5 de Julho as atenções recaem sobretudo sobre o indie rock britânico de Bloc Party, que depois de Kele nos ter visitado várias vezes a solo este últimos anos, voltam para relembrar os sons explosivos que os lançaram no estrelato em 2005 com Silent Alarm – e também material novo para um novo álbum a ser lançado em breve. Outras das grandes atracções são os Incubus, uma referência incontornável da música rock do virar do século e que com mais de 20 anos de carreira, voltam a Portugal 5 anos depois com um novo álbum lançado o ano passado: If Not Now, When? Todavia, não podemos esquecer o grande regresso ao Meco do electropop dos Hot Chip: acho que estamos todos curiosos para ouvir o novo álbum In Our Heads ao vivo, não?

Por último, aconselha-se neste dia uma especial atenção sobre a estreia da britânica Natasha Khan, mais conhecida por Bat for Lashes, em Portugal e o seu dream pop. Quanto à música nacional, destaco os The Happy Mess, uma banda cuja fama emergente merece toda a atenção. Para os amantes da música electrónica, a sugestão recai sobre Flying Lotus em formato live, no Palco @Meco.

Dia 6 de Julho

Num dia em que o Rock do nome do festival deriva mais para o Pop, poderemos assistir a grandes nomes merecedores de grande atenção mediática como M.I.A., cujo single “Bad Girls” está a tomar conta da Internet, ou The Horrors, cuja digressão europeia de apresentação do novo álbum falhou Portugal, sendo esta a oportunidade de ouvirmos finalmente Skying ao vivo (que tem músicas absolutamente fantásticas como “Still Life“). Todavia, todas as atenções recaem para a grande estreia deste dia: Lana del Rey. Ame-se ou odeie-se, ninguém quer perder a estreia da nova menina da pop e artista do momento em Portugal. Dona de um dos mais aguardados álbuns deste ano, com mais de 25 milhões de cópias vendidas, será que o álbum ganha ou perde com o charme de Lana ao vivo? A julgar por recentes actuações em festivais, valerá a pena presenciar este momento.

Também o dance-punk dos The Rapture promete ser um dos concertos do dia (para quem os perdeu no OPS), ou a pop enérgica e adorável da dinamarquesa Oh Land, que já nos provou no Vodafone Mexefest em Lisboa que é mais do que uma menina bonita e simpática – o seu enorme talento sabe como nos pôr a mexer. Importante será referir também a subida ao palco de duas grandes bandas do actual panorama nacional – não quereremos certamente perder Wraygunn nem Supernada!

Dia 7 de Julho

No último dia o festival teria de encerrar da melhor maneira. E embora não tenhamos grandes nomes – tirando o grande ex-Genesis Peter Gabriel, uma das maiores referências do nosso tempo, e que virá ao Meco relembrar porquê – vários nomes emergentes da música actual juntam-se no Sábado para assegurar mais uma noite memorável. The Shins, já com 15 anos de carreira, ganharam recentemente alguma visão com o seu Port Of Morrow, e será um dos concertos da noite. Por falar de hypes, sem dúvida que Skrillex, recentemente vencedor de 3 grammy’s, trará muita gente ao recinto para fazer a festa até de madrugada.

Ainda assim, para mim, a grande atracção deste último dia recai sobre duas mulheres de força: a voz feminina aliada às guitarradas da adorável Annie Clark, mais conhecida musicalmente por St. Vincent, autora de um dos álbuns do ano de 2011 (Strange Mercy), e claro, a norte-americana de origem russa Regina Spektor. Uma das mais talentosas cantoras e compositores do nosso tempo, traz o seu estilo muito próprio ao Meco, prometendo-nos encantar com a sua voz, as suas histórias encantadoras e uma carreira já com muitos sucessos – e ainda um álbum recente que nos irá certamente apresentar: What We Saw From The Cheap Seats.

Info Útil: Transportes e Estadia

Para melhor desfrutares deste festival e do seu ambiente, sem dúvida que o melhor será ficar instalado no parque de campismo junto ao recinto, grátis para os festivaleiros portadores do passe para os 3 dias, que abre portas às 10h do dia 4 de Julho e promete ter todas as infra-estruturas necessárias: desde WC’s, chuveiros, lavatórios, serviços de alimentação, um minimercado próprio e uma zona dedicada ao parqueamento de caravanas, com luz e WC’s. As condições serão melhoradas em relação ao ano passado, com novos arruamentos – para facilitar a orientação, a recolha de lixo e a vigilância – e reforço das estruturas de higiene. Deste modo, promete-se um festival bem mais confortável e seguro.

Todavia, há uma enorme panóplia de transportes públicos que permitem o fácil acesso ao recinto, não só para quem pretende ir e vir todos os dias, como também para os portadores de bilhetes diários. De comboio, haverá uma frequência de 20 a 30 minutos com ligação entre Lisboa e Coina, e frequência de 30 a 60 minutos com ligação entre Setúbal e Coina (sendo que quem vem de comboio da CP, terá de fazer transbordo em Lisboa e no Pinhal Novo para os comboios da Fertagus). Seguidamente, da Coina ao recinto existe uma ligação especial por autocarro, com custo de 2€, com os seguintes horários:

COINA (ESTAÇÃO) – SBSR (2,00€):
4 de Julho: das 15h00 às 19h00
5, 6 e 7 de Julho: das 12h00 às 21h00

SBSR – COINA (ESTAÇÃO) (2,00€):
Madrugadas de 6, 7 e 8 de Julho: das 04h00 às 06h00 (ligação aos primeiros comboios da manhã)
8 de Julho: das 8h00 às 13h00

Para quem vive em Lisboa, uma boa alternativa são os autocarros especiais com ligação directa da Praça de Espanha/Gare do Oriente ao recinto, assegurados pelos TST. Aqui ficam os horários disponíveis e preços:

LISBOA (PRAÇA DE ESPANHA) – SBSR (BILHETE: 2,50€):
4 e 5 de Julho – das 10h00 às 19h00
6 e 7 de Julho – das 14h00 às 19h00

LISBOA (GARE DO ORIENTE) – SBSR (BILHETE: 4,00):
4 e 5 de Julho – das 10h00 às 23h30
6 e 7 de Julho – das 14h00 às 19h00

SBSR-LISBOA (Praça de Espanha) – SBSR (bilhete: 4,00):
Madrugadas de 6, 7 e 8 de Julho – da 01h00 às 05h00

SBSR-LISBOA (Gare do Oriente) – SBSR (bilhete: 4,00):
8 de Julho: das 8h00 às 13h00

O transbordo dos portadores de Musicard CP deverá ser feito na Gare do Oriente, onde terão direito a um shuttle, que os transportará até ao recinto.

Sendo o mote deste festival “Meco, Sol e Rock ‘n’ Roll”, naturalmente que os dias dos festivaleiros serão passados na praia, para à noite poderem disfrutar da melhor música. A partir de dia 4 de Julho até dia 7, haverá autocarros gratuitos para a Praia, a partir do recinto das 9h00 até às 19h00.

Para informações adicionais – desde parques de campismo alternativos ao que podes ou não levar para dentro do recinto, consulta o site oficial. O cartaz na íntegra está disponível aqui. Fica com um mapa do recinto e… bom festival!

Texto por Mariana Coimbra

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s