Eyvind Kang & Jessika Kenney passam pelo Porto antes de actuarem no FMM Sines

Eyvind Kang, compositor americano e multi-instrumentista, tem sido requisitado para trabalhar com nomes como Mike Patton, Mr. Bungle, Sunn O))), Animal Collective, Sun City Girls, Laurie Anderson, Blonde Redhead ou Bill Frisell. Consensual para muitos, enigmático para outros, a verdade é que os seus discos nem sempre têm sido fáceis de catalogar – há que estar preparado para viagens sonoras que vão desde o Jazz, à música Ambiental ou à Folk de vários locais do Mundo.

O percurso de Jessika Kenney abrange tanto as tradições como o experimentalismo moderno – prova disso é a sua formação que partiu dos sons tradicionais da música persa e também da música de Java (música dos gamelões), para se vir a entregar de corpo e alma a alguns dos projectos mais marcantes da música experimental dos últimos anos, sejam os discos de Sunn O))), Wolves in the Throne Room ou Asva. Gravou inclusive com Eyvind Kang (Aestuarium), num ambicioso exercício de texturas minimais e ambientais. A sua voz é o seu instrumento, levando o corpo ao encontro do imaterialismo – etérea e emocional.

O casal subirá ao palco do Oporto Gallery Hostel para uma noite intimista e certamente uma das mais especiais do ano, numa co-produção Amplificasom & Soopa, pelas 21h30 do dia 23 de Julho.

O bilhete custa 3€ e será vendido no local no próprio dia.

Deixar uma resposta