A RAINY DAY IN NEW YORK

A Rainy Day in New York é mais um retrato do que uma história, um postal sobre de Woody Allen um tempo parado num lugar ideal.

VARIAÇÕES

Dois ou três passos para lá da nostalgia da 'persona', imaginamos, identificamos, projectamos e reconhecemos: é este o António – nosso e de cada um.

Her Smell

A trajectória clássica de ascensão e declínio de uma estrela, ao estilo das tragédias icónicas de Jim Morrison ou Kurt Cobain – mas no feminino.

Democracia em Vertigem

Em Democracia em Vertigem, Petra Costa analisa os meandros da crise política brasileira dos últimos anos, colocando o foco narrativo na figura de Lula.

Sou Autor do Meu Nome Mia Couto

Narrado na primeira pessoa, este é um relato em que o autor nos apresenta o lugar das suas memórias e nos conduz pelos caminhos que o guiaram à literatura.

Quo Vadis

Para a história fica a interpretação antológica de Peter Ustinov no papel de Nero, o tirano que se julgava poeta e mandou incendiar a cidade de Roma.

YOU

O narrador insistente dá-nos a conhecer a vida e a personalidade de Beck, à qual vai tendo acesso através da sua extensa pegada digital.

L’ apparition

Vincent Lindon é Jacques Mayano, um jornalista habituado a territórios inóspitos que é convocado pelo Vaticano para encabeçar uma investigação canónica.

The Children Act

Em The Children Act não há qualquer dilema moral. A construção psicológica da personagem de Emma Thompson é a chave dos grandes temas do filme.

On Chesil Beach

Sexta adaptação ao cinema de uma obra de Ian McEwan, 'On Chesil Beach' é um conto sobre os meandros do que é íntimo e indizível, as cicatrizes profundas de uma experiência sexual distorcida ou traumática e os significados, tantas vezes socialmente determinados, atribuídos a essas e outras vivências.

Mary Shelley

Ela era filha de uma escritora e de um filósofo, fugiu de casa, apaixonou-se por um poeta, viveu sob as suas próprias regras e, por fim, criou um monstro.

The Tale

Sobre “o desmoronar da negação – ou sobre a forma como um trauma pode conservar-se na memória durante toda uma vida, mascarado de uma suposta normalidade.